domingo, 2 de setembro de 2012

Ciumes do passado




L.- Moro numa cidade do interior, tenho 25 anos e um namoro de 3 anos que me completava...tínhamos planos de nos casar neste ano, mas algo do meu passado que me envergonha muito veio à tona, ele ficou sabendo por amigos em comum. Antes dele namorei um cara e sofri na mão dele, era apaixonada e fazia tudo o que ele queria pra não perdê-lo. Ele pediu troca de casais e eu, mesmo não querendo concordei...Sei que meu namorado me ama como eu o amo, mas nossa vida está virada no avesso. Ele sofre e me faz sofrer com as cobranças, diz que perdeu o respeito por mim...está insuportável. Tenho vontade de terminar, não vejo como ele aceitar e perdoar.


Resposta :
Perdoar o que ? É preciso entender e aceitar que todo mundo tem um passado, uns mais outros menos sexualmente emocionantes, mas todos têm.  O que o sexo em grupo significou pra você pode ter sido menos importante que algumas 'ficadas' emocionantes dele.
Quem já assistiu o filme “Closer” talvez tenha aprendido que não é bom chegar perto demais nem de quem a gente ama. A vida é dinâmica, e a graça está em poder ser diferente em cada pedaço dela, poder fazer vários capítulos. Ele faz parte do último capítulo da sua vida, e é isso que ele precisa entender. O que passou não interfere na tua capacidade de gostar dele agora. Nenhum encontro anterior pode ser comparado ou equivale ao que você vive com ele atualmente.
 Infelizmente você não pode fazer mais nada a não ser esperar que ele aceite a pessoa que você é hoje, antes que possam fazer projetos de casamento. Não pode ser perdoada uma traição que não houve.

Para rematar, um trecho de um poema de José Saramago:

"Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais."
Abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário