domingo, 23 de setembro de 2012

Desejar e Querer




S.M.- Cantar para mim sempre foi motivo de prazer e é algo que amo fazer.apesar de nunca ter tido o incentivo da família.Ultimamente tem pulsado em meu peito o latente desejo de voltar a Itália para aperfeiçoar a técnica do canto e para também trabalhar a fim de financiar meus estudos.Confesso que quero muito isso, mas me sinto insegura, com medo de enfrentar novamentre e sozinha, a vida lá fora. Por isso, dentro de mim, tem se instalado um conflito que não consigo resolver, pois sei que aqui ficando não conseguirei conquistar meus objetivos de realização pessoal. A inconstância emocional, é outro motivo que me impede de alçar o vôo...temo os desafios que terei que enfrentar para ter forças e foco para perseverar, o que aliás, tem sido meu calcanhar de Aquiles, a falta de perseverança em tudo o que me proponho a fazer, tem aniquilado meus projetos. Preciso de uma luz, por favor me oriente.



Resposta :
Em seu e-mail, você fala do que deseja e do que quer, mas você quer o que deseja ?
"Você quer o que deseja ? "O psicanalista Jorge Forbes lança uma questão com essa pergunta intrigante que fala do Querer e do Desejo como instâncias diferentes e independentes. Segundo ele, Desejar é sempre desejar o que não está no nosso alcance, a ponto de podermos agradecer a quem não nos dá o que foi pedido para manter vivo o desejo. Ou para justificar nosso medo.Toda dúvida ou indecisão vem do medo.

Por outro lado, o Querer é buscar,  encontrar os meios para alcançar, criar as condições para chegar lá, se dispor a enfrentar as dificuldades, encarar os medos. O Desejo mede os obstáculos, enquanto que o Querer vence os obstáculos.  Espero que você reflita sobre o seu Desejo de cantar e seu Querer cantar. Nenhum dos dois está na família, no destino, ou em qualquer outro lugar: eles estão em você e são responsabilidade sua. Como disse alguém : "A oportunidade só dança com aqueles que já estão no salão." Abraço
Aglair Grein-psicanalista


4 comentários:

  1. Muito oportuno questionar o desejar e o querer...Lutei bastante para querer o que desejo e confesso que ultimamente estou perdendo as forças, devido as dificuldades e o medo de sair da "minha zona de conforto". Já mandei o módulo de inscrinção do master class para Itália, estou aguardando a resposta para poder efetuar o pagamento, mas nesses últimos dias, áquela "força de vontade" que estava me impulsionando a lutar pelo o que desejava ou queria(?) vem esmorecendo...O que devo fazer pra continuar a "querer e perseverar"?

    ResponderExcluir
  2. Me vejo muito nesse empasse também!
    Entendo que temos que fazer o "impossível" para acontecer o que queremos, mesmo nos dias de desânimo, se movimentar no sentido do que irá mudar a nossa história, nos trazer a realização.
    Mesmo com medo, trite, fracos ou até mesmo desanimados devemos colocar mais um tijolinho na construção do sonho e fazer acontecer!
    Se depender da boa vontade integral do nosso coração pra termos alguma ação em prol de um sonho ou um objetivo qualquer iremos ser fracassados em tudo!
    Pense em como será gratificante ver concluído o seu projeto! É assim que eu procuro fazer quando o chão se abre diante de mim! Bjos!

    ResponderExcluir
  3. O que fazer para querer realmente???? Pq, às vezes, penso que a depressão vem me deixando estagnada, sem forças para lutar, focar? Estou numa zona de conforto e sei que não posso ficar, luto para mudar isso. Mudo a minha rotina para tentar sair dessa, já fiz terapia, estou tomando antidepressivos agora. De manhã ficou acordada na cama, rolando com os meus pensamentos umas duas horas, pq sei que se levantar terei que estudar (para concurso), já reprovei tanto, estou meio descrente, é tão ruim estudar, estudar, estudar, e não conseguir resultado. Chego a pensar já estudei tanto, a onde isso tudo foi parar. E vejo as pessoas, no mesmo ramo que o meu, que sabem menos que eu, que nem estudaram tanto assim, bem mais realizada do que eu... agora me inscrevi para um concurso de nível médio, pra ver se saio dessa, se passo. Mas até medo de não passar eu tenho... Já penso, se eu não passar vai ser mais uma derrota pra coleção (ficarei mais chateada ainda). Olho para os meus livros tenho vontade de chorar, mas ao mesmo tempo não consigo me livrar deles. Estou sempre me cobrando, mas com preguiça de enfrentar, não sei se é a depressão ou preguiça? Quando pensou em parar com essa vida, vem um amigo ou conheço uma pessoa dizendo para eu não desistir. Sem falar que fico muito deslocada na minha cidade, sem amizades para sair. Amigos que me chamam pra sair moram fora, longe, alguns até famosos e juízes, promotores, escritor e eu não consigo ir pq a minha situação financeira está uma lástima, aí parece até que eu não quero ir visitá-los, mas também não quero falar que estou sem dinheiro... acho isso muito desagradável. Já perdi uma pessoa que eu amava, pq ele achava que eu não queria vê-lo, me cobrou isso, dizia você nunca veio me ver(achava que eu fazia descaso dele). Agora, apareceu outra pessoa boa no meu caminho, e eu não tenho dinheiro e coragem de ir vê-lo. Isso me deprime muito. E ao mesmo tempo não me deixa estudar. Paro e penso, quantas oportunidades estou perdendo, minha juventude, sem dinheiro, "casada" com os estes livros. O que eu faço? Comprimidos para depressão comecei a tomar dobrado, mas não estão adiantando...terapia fiz uns três anos (me canso só de pensar em fazer de novo). Estou super cansada dessa minha vidinha sem resultados e cada ano que passa mais me deprimo(e com a deprressão não consigo focar). E penso, mais um ano se foi e a história se repete. Driblando a vida nos meus autos e baixo. Bem mais baixo do que alto. O que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi minha história de vida através das suas palavras!

      Excluir