quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Depois da traição

D.- Fui casada por 4 anos, total de 8 anos juntos.Ele me deixava muito sozinha e acabei traindo. Ele desconfiou, começou a me cobrar e acabei contando.  Terminamos faz 4 meses e depois disso ficamos algumas vezes, mas ele engravidou uma menina e disse que vai morar com ela por causa do filho. A ultima vez que nos encontramos ele disse que podiamos ficar juntos, me beijou, mas depois, quando liguei, disse pra não ligar mais, que um dia ele me liga pra conversamos como amigos. Estou sem chão, eu queria tanto um filho e ele nunca quis, agora vai ter com uma pessoa que nem conhece? Doi tanto, estou enlouquecendo...

Resposta:
A infidelidade pode não ser a pior coisa que um parceiro faça ao outro, porém pode ser a mais perturbadora e desorientadora situação ocorrida na relação, e consequentemente capaz de destruir o casamento. Não necessariamente pelo sexo e sim pelos segredos e mentiras.

Agora que a separação aconteceu, é preciso aceitá-la e se perguntar por que aconteceu. É preciso refletir sobre a situação sem autopiedade e sem procurar culpados ou vítimas. Nós nem sempre conseguimos mudar uma atitude tomada impulsivamente no passado, porém podemos aprender com suas consequências e não mais nos repetirmos. Você deve se valer do que aconteceu para aprender a se refrear, a refletir antes de agir. Como diz o ditado : 'Não se pega mosca com vinagre.'

Agora é preciso encarar a vida, que muda continuamente e é preciso mudar com ela: abrir-se para possibilidades novas, se redefinir, contextualizar seus desejos. Com nova abordagem, talvez, e com muita coragem, com certeza. Procure, se for possível, uma orientação psicológica para facilitar e abreviar esta trajetória.
Abraço



Um comentário:

  1. Se houve espaço para ela sair com outro homem, é porque as coisas já não estavam bem. Nunca vi, num relacionamento bacana mesmo, espaço para terceiros. Não há necessidade de radicalizar quando acontece a traição mas urge uma repensada de ambas as partes, muita conversa e, acima de tudo, muita vontade de acertar.

    ResponderExcluir