sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Amor na Rede




S.S- Tenho 46 anos, divorciada, uma filha com quem moro. Há sete meses conheci um homem pelo internet, ele tem 40 anos e é também divorciado. A nossa identificação foi tanta que nos primeiros dias conversávamos todos os dias, depois ele começou a me telefonar.Ele é um homem muito inteligente, gentil, tem muitas qualidades... me apaixonei por ele e contei-lhe sobre o meu sentimento. Ele  disse que entende o que está acontecendo, respeita o que sinto, mas não pode se envolver em um relacionamento.   
Há um mês a situação ficou insustentavel e pedi a ele para conversarmos somente pela internet. Ele ficou surpreso, mas concordou, dizendo que quer o que for melhor pra mim. Mas logo depois começou a me mandar mensagens dizendo que tinha muita vontade de falar comigo ao telefone, tinha ficado viciado... voltei atrás na minha decisão. Preciso sair, conhecer pessoas, permitir que alguem me conheça! quem sabe posso assim superar isso? A minha questão é: será que esse homem também se apaixonou e está negando ou sente apenas atração fisica? A verdade é que não consigo me afastar. Gosto dele demais. 

Resposta:
Antes de tudo, é preciso saber se você apaixonou-se pelo outro ou pelo que o outro aparenta ser. Ou até mesmo pela ideia de estar apaixonada. Se ainda não houve encontro presencial, os dois conhecem só uma parte do outro. Não que haja má intenção em ocultar nada, mas geralmente  quem se comunica por telefone ou pela internet conhece do outro a parte mais intensa, a melhor parte, pois no mundo virtual é possível mostrar o que se decide mostrar. Apenas o convívio desmascara.

Não que o meio virtual seja inaceitável ou perverso. Ele é tão 'culpado' por desilusões e decepções quanto o são bares, boates, restaurantes e locais onde todos os dias milhares de pessoas vão para se relacionar. A internet é um local de encontro como qualquer outro. Alguns desses encontros "dão certo", outros não. Como sempre foi e, talvez, sempre será. 

Porém, o mais importante a lhe dizer é que a Internet possibilita um elemento que parece fundamental nesses momentos de conquista, e que pode ser uma arma a favor ou contra o sucesso de uma relação: a possibilidade das pessoas se refugiarem na fantasia.
Nesse ponto, o espaço virtual facilita o campo para a expressão das fantasias e idealizações, que podem ser muito sedutores no início de uma relação, mas podem causar muita dor e muita decepção depois. Perceba o quanto há de real e de fantasioso no que você está vivendo. 
Na fantasia tudo é possível. Na realidade nem tudo. Abraço
Aglair Grein-psicanalista

14 comentários:

  1. Passo por uma situação muito parecida, me apaixonei perdidamente por um homem que quer apenas contato virtual comigo. Nós tivemos 3 encontros fora da internet e foi muito gostoso, mas ele exita em me encontrar novamente e cada vez que toco no assunto ele foge. Está muito dificil mas estou tentando me afastar, tive várias recaídas, mas nem assim ele mudou de idéia. Quero esquece-lo mas não consigo!!

    ResponderExcluir
  2. Se ele foge, não presta nem pra conversar!! Cai fora!

    ResponderExcluir
  3. Estou passando por algo semelhante.Conheci uma pessoa pela internet e na semana seguinte ele quis me conhecer pessoalmente.Conclusão,nos conhecemos no sábado e no domingo ele me pediu em namoro.Confesso q senti algo muito forte quando nos conhecemos e por isso aceitei.Ele foi maravilhoso comigo por mtos meses.Ele é sozinho e ñ tem família então logo conheceu a minha e se apegou muito inclusive chamando a minha mãe de "mãe preta" e era totalmente correspondido por ela...eu por outro lado encantada pq nos entendíamos como ng.Conheci Niterói q é a sua terra com ele como um guia turístico e ele sempre me dizendo q me amava e onde eu estava quando éramos mais novos q ñ nos conhecemos.Enfim,há duas semanas qnd liguei pra perguntar q horas ele viria.Ele me diz q ñ viria pq queria ficar sozinho e q pensando bem,era melhor q terminássemos pq ñ queríamos as mesmas coisas!
    Pra dizer a verdade, estou meio q me sentindo dormente sabe.Ñ entendi o q aconteceu até agora e pelo q vejo irá demorar um pco ainda.Aprecio muito o diálogo pq tenho a necessidade de entender bem as coisas,até mesmo para poder digeri-las melhor mas nesse caso ñ houve essa conversa.Ñ o vi desde então e nunca mais nos falamos.Continuo com minha vida mas estou com problemas por necessitar de respostas.

    ResponderExcluir
  4. Cai fora enquanto é tempo.

    ResponderExcluir
  5. Acho que o que torna difícil esquecer um amor de internet, é a projeção que fazemos sobre a outra pessoa. Como uma relaçao virtual não nos permite muitas vezes perceber as reações naturais de desgostar, se divertir ou até apreciar o outro de uma maneira espontânea, nós acabamos por completar os espaços vazios com os nossos próprios desejos. Daí quando percebemos que não vai dar certo fica muito difícil nos afastarmos daquilo que na verdade nunca existiu. Só o nosso desejo de que o outro fosse tudo aquilo que queríamos. A gente precisa desconstruir o outro e olhá-lo como realmete ele é. Sem fantasiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por sua resposta.. me ajudou bastante..so que em outra historia parecida

      Excluir
  6. Passei por uma situação bem precida com a que postou Aglair, so que marcamos de nos conhecer, foi muito bom...me pediu em namoro e começamos a namorar, nos viamos duas ou tres vezes por semana,e sempre aos domingos,era muito carinhoso,inteligente, culto. Mas chorão, inseguro, acredita ? Passavamos o ddomingo sempre juntos, frequentou minha casa ,e assim foi por 6 meses, estava encantada...Com a convivencia fui encontrando alguns defeitos..mas somos humanos . Assim passaram-se 6 meses.Um dia olhando as fotos de suas amizades vi que uma delas sempre se fazia presente na minha e pedi amizade, sentia que queria se aproximar...dizer algo. Foi ai que descobri que era casado, disse a ele e chorou muito, e disse que não contou por medo de me perder. De lá para cá acho que aprendi ou traumatizei rsrs, não confio mais nos homens aqui pela internet, não sei se isso é bom o ruim, só sei se estou sozinha !

    ResponderExcluir
  7. Preciso de sua orientação: surgiu alguém pela internet que há 3 décadas passadas houve um beijo que eu nem lembrava(como não recordo-carnaval e eu tinha bebido)até deixei claro isso.Para refrescar-me a memória mandou sua foto naquela época: gostei...e vi que já tinha visto aquele rosto e despertou um sentimento de: curiosidade? atração? Amor? Não sei também passamos a nos falar p celular,torpedos e vi que sabia muito de mim,.Contou-me que o beijo marcou por na época está namorando e pensava que eu também estava com a pessoa de ligação entre nós que nos apresentou.Eu desapareci e perguntava por mim a essa pessoa que desconversava e não dava nenhuma pista. Não moramos no mesmo estado e já na época, veio passar o carnaval quando aconteceu, e me reencontrou pelo face justo pela amizade comum mais de 3 décadas passadas. Começou a mim seduzir com palavras e música de forma sutil e ...conseguir fazer nascer/crescr em mim um sentimento gostoso,de desejo até,o que há muito não me acontecia,não me permitia mais.Por outras questões fechei a porta p relações amorosas e agora questiono se uma janela foi aberta ou se isso acontece pelo fato da distancia me favorecer apenas manter o sonho e não viver a realidade

    ResponderExcluir
  8. Pra mim foi traumático. Casada, casamento destroçado, conheci um rapaz, na época 2 anos mais jovem, "nos" apaixonamos, vivemos uma tórrida história de sexo, eu acreditava ser amor, mas, na verdade, era só sexo. Como descobri? Ele fazia planos, jurava amor, dizia que íamos morar juntos, um belo dia sumiu. Fiquei doente, mas não procurei, nem liguei. Um ano depois ligou e disse que sumiu pois tinha se casado e não teve coragem de me dizer. É fria, pode acreditar que um cara realmente interessante, não tem tempo pra ficar na internet, estará realmente ocupado com tarefas interessantes, e não prometendo amor a quem não quer e não pode dar. Eu? Bem, continuo no casamento destroçado, pensando em como sair dele, feliz não sou, mas fui criada pra ter marido, casa, filhos... Ele? Casado, infeliz, mas decidi por um basta, nunca mais o vi.

    ResponderExcluir
  9. Nós mulheres caímos facil em algumas histórias, vendo a história da amiga que relatou que o cara era casado aconteceu algo parecido comigo, porém não o conheci na internet, o conheci pessoalmente muito atencioso e simpatico com uma lábia incrivel me levou na conversa, depois de passarmos meses conversando decidimos sair, começamos sair e logo ele se declarou, disse que a tempos procurava uma mulher madura e que havia encontrado que sabia que era cedo mas que queria ficar comigo e que isso iria durar mto, moro no interior de sampa e ele na capital, ele vinha na minha casa de três a 4 vezes na semana vinha de surpresa quando conseguia terminar um trabalho mais cedo. Meses se passaram e apareceu uma oportunidade para ele comprar um apartamento ele comentou comigo que queria comprar e que seria nosso canto, em resumo emprestei o dinheiro que faltaria para ele comprar o apartamento, depois disso uma semana depois ele disse que não tinhamos nada a ver que não queria me magoar, mas que não deveriamos ficar mais juntos, não entendi nada perdi o chão com as palavras dele. Dai começou a enrolação pra me pagar começamos a discutir muito por causa disso até que um dia falando com ele por msg descobri que era casado pois na verdade era a mulher dele quem estava falando cmg por msg e não ele. Tive alguns problemas com ela pois mulher tem a mania de achar que qdo o homem trai é culpa da outra que deu em cima ou coisa do tipo, mas ele não tinha postura alguma de casado nenhuma foto dela ou com ela nas redes sociais, relatando a história parece ser ridiculo alguém cair desse jeito, mas o cara é profissional na arte de enganar frequentava minha casa normalmente quis conhecer minha mãe etc etc. Sempre tive dificuldade de acreditar nas conversinhas dos homens. com essa história então me sinto um lixo de pessoa :(

    ResponderExcluir
  10. Eu vivi recentemente uma história que é a seguinte: Conheci uma pessoa num site de relacionamento, conversamos bastante pelo skype, telefonemas e mensagens. Eu sempre deixei claro que nao gosto de aventuras e que buxco uma pessoa especial para um relacionamento sério...ele também dizia que buscava o mesmo que eu . Acontece que ele mora em SP e está toda semana na minha cidade pois tem dois filhos aqui. Saimos para nos conhecermos , conversamos e nos entendemos muito bem com muito envolvimento e quimica nesta noite. Depois disto ele deixou de se dedicarm bao telefona mais , somente passa algumas mensagens pouco empolgantes e com muitas desculpas de falta de tempo. Diz que gostou muito de mim mas que notou que eu sou uma pessoa muito especial e que tem medo de me machucar. Apesar dele afirmar que gostou muito de mim e que a vida dele é uma loucura , penso que fui romantica e ingenua, porque, na verdade, fiquei a ver navios! Tristeza viu. Mas porque as pessoas estao se relacionando assim? Será que nao devo mais acreditar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que ele queria apenas sexo. Tem alguns homens que não permitem a repetição para não se envolverem. Eles não querem relacionamento, querem apenas o momento... Uma dica: Nada de sexo no primeiro encontro! É fria! A mulher acha que já conhece o homem, mas se estrepa!

      Excluir
  11. Que resposta realista você deu Aglair. Muito sábia.

    ResponderExcluir
  12. Em dezembro, através de um post de uma amiga conheci um homem de 50 anos que vive na Alemanha, começamos a conversar pelo face, ele que me pediu para adicioná-lo no face por inbox, o adicionei e conversamos diariamente, parecia um cara bipolar e aos poucos fui me deixando envolver
    No início falou que estava gostando de mim que queria casar e ter filhos, me chamou para ir estudar lá, que poderia ficar em sua casa. Ele tem duas filhas e mora sozinho segundo ele. Depois me pediu para adicioná- lo no skipe para poder me ver ao vivo, nos falávamos muito todos os dias pelo watsapp. Quando comecei a me envolver me declarei pra ele e ele teve a cara de pau de me dizer que nunca falou que queria namorar comigo. Fiquei triste, mas ainda assim insistir,em abril desse ano, tive um problema com a internet e não nos falamos por uma semana e qd retornei ele tinha deixado uma mensagem querendo saber onde estava que tinha sumido. Aí no domingo ligo pra ela, ele fica surpreso e me diz está vom a sua mulher, uma que depois de uns tempos ele começou a dizer que era a mulher da sua vida com deboche e eu pensava que era brincadeira. Quando fui no face dela tinha foto dos dois na cidade onde ele mora, fiquei muito triste, pelo fato de ter me enganado comigo mesmo. Hoje ela continua lá, pois tenho acompanhado, mas ele me ligou a uns 15 dias dizendo que estava com saudades e que em julho ele virá para o Brasil e até me perguntando qual presente queria e insistindo que escolhesse. Apenas disse pra ele que quero paz.

    ResponderExcluir